terça-feira, 6 de outubro de 2009

A nada complicada "polialiança"

Os ilustres da “polialiança” reuniram-se hoje mais uma vez. Em torno de Luiz Henrique da Silveira estiveram Eduardo Moreira, Dário Berger, Jorge Bornhausen, Leonel Pavan e Raimundo Colombo. O doutor Jorge e o governador devem estar imaginando que no primeiro turno tá complicado fechar a conta. Mas, não há nada que não se possa conversar. Pode até parecer difícil e arriscado, mas é bem capaz de todo mundo combinar se lançar e o mais forte será apoiado por todos no segundo turno. Parágrafo Único no primeiro turno: tá proibido o ponta-pé na canela. Acertado isso, só faltará combinar a estratégia, também, com os quatro milhões de eleitores. Como se vê, não é tão complicado assim.

2 comentários:

Helio disse...

Facinho, facinho. Se depender de mim, um desses eleitores, vou fazer direitinho, do jeito que ELES querem.
Podem esperar que verão.

soraia disse...

Voto contra e trabalho para o insu-
cesso dessa gente, SC não os aguen-
ta mais, chega de CABIDAÇO e tantos
outros CANCER que foram criados por
essas crianças, e que estão corroen
do o nosso estado.

João Frederico H. Leite
Urussanga - SC

CONTATO COM O BLOGUEIRO