quarta-feira, 24 de março de 2010

As impressões de Ideli

O prefeito Dário Berger não tem a mesma empatia que tem o doutor Eduardo Pinho Moreira com a senadora petista Ideli Salvatti. No dia do seu aniversário, no último dia 20, a senadora recebeu ligações de Eduardo e também do governador Luiz Henrique da Silveira. Dário não o fez. Não tem esta intimidade política. Caso venha a ganhar as prévias no PMDB, o prefeito terá que superar esta dificuldade para atingir seus objetivos.
No primeiro turno, tudo indica mesmo, cada partido ficará no seu quadrado. Medirão forças e no segundo turno a história ficará zerada. Muita gente que não se suporta estará dividindo o mesmo palanque.
A senadora sonha com apoios de PMDB e do PP no segundo turno. Acha que esta coligação, que já existente no Governo Lula, pode ser repetida no Estado. Ela lembra que em Joinville, PMDB, PT e PP viabilizaram uma vitória eleitoral e convivem fraternalmente.
A Dona Angela tem aquele jeitão, germânico, de poucas palavras. Mas com Esperidião houve até a troca de umas figurinhas nos últimos dias com o PT catarinense.
São algumas impressões captadas na entrevista, ontem, no Jornal da Noite/Guarujá, com a senadora Ideli.
Confira um compacto dos momentos mais interessantes.

video

Nenhum comentário:

CONTATO COM O BLOGUEIRO