domingo, 24 de abril de 2011

"Never Say Goodbye", a balada romântica, de David Scheid

Publiquei ontem aqui uma canja de 54 segundos do David. É algo que me tira do chão, os solos deste guri, iluminado sempre, com suas gibson's e fender's, que choram nos dedos dele.
Prometi que publicaria hoje a mais nova balada do David. É um som pop, com características bem delineadas para o hit parade. Tem intenções explícitas de ser um sucesso de trilhas de novelas e filmes hollywoodianos. O David - bem sabe - produziria sons melodiosos e bonitos assim a cada semana. Uma vocação como a dele tirará do bolso muitas "Never Say Goodbye".
Sua carreira está desenhada para vôos mais altos e mais desafiadores, mas as baladas - neste mundo pop - são necessidades, são passaportes na indústria internacional da música.
Sabendo disso, o David começa a decolar para esses rasantes sedutores e românticos. E faz isso com personalidade, com eficiência e sem perder a ternura. Para deleite nosso, para os mais chatos e incansáveis amantes do blues e do sempre bem vindo jazz, o David - tenho certeza - terá na sua manga, também, dezenas e dezenas de acordes e timbres pra nos surpreender. Se querem saber - se bem conheço o Guri, nem se quisesse, abandonaria a velha pegada.
Chega de papo. Eis aqui um exemplar de hit, com certeza. E guardem bem este nome.
Como prometido, com vocês, "Never Say Goodbye", de David Scheid, em primeira-mão por essas bandas.

video

Nenhum comentário:

CONTATO COM O BLOGUEIRO