segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Candidatíssimo Protógenes


Quem assistiu ontem o sempre bom Roda Viva, na TV Cultura, o Roda Vida, sentiu a firmeza do delegado da Polícia Federal de São Paulo, o senhor Protógenes Queiroz.
Antes, uma constatação confirmada. Nossos coleguinhas mais famosos continuam achando que credibilidade se conquista abaixo de arrogância, antipatia, cara feia e má educação. Mas o que foi mais lamentável mesmo foi a baixa qualidade das perguntas.
Em tom de ameaça e até de galhofa, um dos jornalistas convidados, lhe pergunta sobre a sua pretensão em ser candidato a deputado nas próximas eleições, como se isso fosse algo indígno, fora de propósito ou uma temeridade para muitos envolvidos neste ruidoso caso. Protógenes lascou esta pra não deixar dúvidas da sua obsessão em fazer o que o Brasil quer ver. “sou candidato apenas a ser o carcereiro do senhor Daniel Dantas durante o cumprimento de sua pena”.
Uma pergunta para tanta animosidade que chamou a atenção no Programa de ontem com o delegado: algum problema pessoal com alguém daquela "roda"?

Um comentário:

Elmo disse...

Caro Marcelo,
Nos anos 80 aguardava o Roda Viva como se fosse água no deserto, mas, a partir dos anos 90, com chegada ao poder do PSDB ao governo paulista, esse programa começou a definhar tendo seu enterro na entrevista feita com Gilmar Mendes recentemente.

CONTATO COM O BLOGUEIRO